Pular para o conteúdo principal

Panna Cotta com cobertura de frutas vermelhas( RECEITA EM VIDEO)

VOCÊ SABIA.....




Glúten
 O glúten é uma substância fibrosa, elástica, pegajosa, de coloração âmbar, formado pelas proteínas quando a farinha de trigo é misturada com água e submetida à mistura mecânica.
          É o responsável pela retenção dos gases da fermentação, o que promove o crescimento dos pães. Também retém a umidade da massa e do pão depois de assado, além de promover a elasticidades desta.


          Encontrado na farinha (a de trigo é a mais rica neste composto), o glúten é composto por dois grupos de proteínas: as gliadinas e as gluteninas. As primeiras são prolaminas (proteínas associadas ao amido dos grãos de todos os cereais) responsáveis pela extensibilidade da massa. Já as gluteninas são as responsáveis pela elasticidade da massa.
          Quando a farinha é misturada com a água, sob esforço mecânico, essas duas proteínas hidratam-se formando um complexo protéico pela sua associação através de pontes de hidrogênio, ligações de van der Waals e ligações dissulfeto, este complexo é o que chama-se glúten.
          As características desejadas para o glúten podem ser alteradas por diversos fatores como, por exemplo, se o teor de água for insuficiente, não haverá a completa formação deste. A propriedade de extensibilidade pode ser afetada pela falta de lipídios e pelo excesso de oxidação. A resistência do glúten pode diminuir com o excesso mecânico ou com a presença de enzimas proteolíticas (
enzimas catalizadoras de proteínas) que destroem a cadeia peptídica (ligação química que ocorre entre duas moléculas).


      Essa substância tem sofrido um certo tipo de rejeição por uma parte de profissionais, principalmente os especialistas em Doença Celíaca mas alguns também acham que é prejudicial mesmo para quem não tem a doença e que a retirada do glúten da alimentação pode vir a beneficiar a saúde de um modo geral.

     Segundo os nutrólogos, 80% da população americana(e provavelmente brasileiros, japoneses e franceses) tem o gene para sensibilidade ao glúten, que pode aparecer em diversos graus, desde o mais leve ao intenso em qualquer época de nossas vidas.Mas nem todos  concordam com esse ponto de vista. Não existem evidências científicas fortes para dar suporte à teoria de que evitar glúten faz bem à saúde.

 O glúten é uma fração proteica de alguns cereais que oferecem muitos outros nutrientes, como fibras e vitaminas – principalmente do complexo B -, portanto, não deve ser banido da alimentação sem que haja uma necessidade real, para esses casos  os supermercados estão se munindo cada vez mais de alimentos sem glúten, uma pesquisa de mercado de uma empresa americana  revelou  que entre 2006 e 2011 as vendas de produtos sem a substância aumentou cerca de 30% ao ano e que 10% das comidas lançadas em 2010 não contem o igrediente, muito mais do que os 2% de cinco anos atrás.

Fases do glúten 

  








Comentários

  1. adorei esse artigo estao de parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado.Continue acompanhando as atualizaçoes do blog.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Rosca de Polvilho Caseira

Banana encapada( massa mole)

Rosca Americana