Risoto de Camarão Fácil e Cremoso(Receita em vídeo)

  Ingredientes e modo de fazer caldo de camarão 2k de camarão ( rende + ou - 1k de camarão limpo) 1 1/5 de água sal QB Coloque para cozinhar o camarão por aproximadamente 4 a 5 minutos ,para não ficar borrachudo. Feito isso deixe esfriar ,descasque o camarão. Reserve a água para o risoto. No vídeo mostro refolgando o camarão na frigideira ,mas tinha esquecido que o processo de cozinhar o camarão é bem mas rápido . beleza Ingredientes para o risoto 4 xícara de chá de arroz arbóreo 1 cebola média ralada 1 1/2 L caldo de camarão 1 taça de vinho seco branco (250ml) 1 pote de nata (300gr) 150 de queijo mussarela ralado Modo de preparo assista

Risoto de frutos do mar

Ingredientes:
1 3/4 xícara de caldo de galinha ou dissolva 1 tabletena mesma quantidade de água
1 xícara de chá de arroz                                                                                                                            2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de azeite
1 cebola média picada
300 g de camarão limpo
120 g de carne de vieira
500 g de mariscos com a conchas
sal QB
Pimenta do reino QB

Você vai precisar de :
1/4 xícara de salsa picada
1 forma refrataria grande

Modo de fazer:
Na forma misture o azeite e a cebola.Leve a o microondasa em potencia alta
por 6 a 8 minutos ou até ferver.
Junte os camarões e a vieira, cubra e cozinhe em potencia média por 5 minutos.
Tempere com sal e pimenta.Coloque os mexilhões já limpos sobre o arroz,
cubra e cozinhe em potencia alta por 5 a 9 minutos ou ate  as conchas estarem abertas.
Descarte as que não abrirem. Deixe repousar , coberto, por 5 minutos.
Polvilhe com a salsa e sirva.

opção
Se preferir,use 200 g de mexilhões sem a concha.Nesse caso,cozinhe
em potencia alta por apenas 1 minuto.

VOCÊ SABIA? 
vieiras
As vieiras são moluscos que têm duas conchas lindamente convexas e estriadas. A sua concha de duas partes é o motivo por que as vieiras são vistas pelos biólogos marinhos como moluscos bivalves. A parte das vieiras que é geralmente consumida é a «noz», o músculo branco que abre e fecha as duas conchas. Tem uma textura suave e carnuda e um delicado sabor que pode ser suave ou agressiva, dependendo da variedade. O «coral», as glândulas reprodutoras, também são comestíveis, embora não sejam largamente consumidas.

Comentários